Dicas para evitar acidentes domésticos com crianças - Apex Engenharia

Se você tem filhos ou mora com alguma criança, sabe que a atenção deve ser redobrada quando o assunto é segurança. Em um piscar de olhos pode acontecer um acidente que, se tivesse tomado todas as providências, provavelmente poderia ser evitado.
Sabemos que com a correria do dia a dia, muitos detalhes passam despercebidos e nossas crianças acabam expostas aos perigos da casa. Para você ter uma ideia, as principais causas dos acidentes domésticos são por sufocamento, queimaduras, intoxicações e quedas. E vale lembrar que os perigos podem aparecer em todos os cômodos da casa, inclusive no quarto da criança, local que imaginamos ser o mais seguro. A atenção também deve ser redobrada caso você tenha plantas ou animais domésticos.
Os ricos podem variar dependendo da idade do pequeno. Crianças de até 1 ano, por exemplo, correm o risco maior de sufocamento, já que nessa idade, é comum o bebê colocar objetos na boca. Quedas também são comuns nessa faixa etária, pois, eles estão começando a andar ou engatinhar e podem cair da cama ou até mesmo do trocador.
Quando mais velhos, podem subir em móveis e escadas, aumentando o risco de acidentes. O ideal é instalar grades ou redes de proteção nas janelas. Para evitar problemas com escadas, é importante colocar uma porta para evitar que elas subam ou desçam as escadas sozinhas.
A seguir, separamos algumas dicas para você utilizar em casa e evitar acidentes com o menor. Vem ver!
1 – Tenha cuidados na cozinha
A melhor opção é sempre manter as crianças longe da cozinha e, principalmente do fogão. Se possível, o botijão de gás deve ficar do lado de fora da casa, ou em algum local de difícil acesso para o pequeno. Procure sempre cozinhar nos queimadores da parte de trás do fogão e deixe os cabos das panelas virados para dentro.
Lembre-se que o líquido quente pode causar uma séria queimadura na pele do bebê, por isso, a recomendação é de nunca cozinhar com a criança no colo.
As toalhas também devem receber a devida atenção. Procure usar toalhas de mesa sem bordas muito salientes. As crianças tendem a puxar a borda, o que pode causar um grande estrago.
Não se esqueça dos fósforos e das velas! Guarde em local seguro e longe do alcance delas.
Os materiais de limpeza também devem ser guardados com muita cautela e de preferência em locais que possam ser trancados. A criança pode confundir os objetos de limpeza com algum brinquedo, devido às cores usadas nas embalagens. Por isso, todo cuidado é pouco.
2- Lembre que banheiro pode ser um local perigoso
Manter o piso seco e tapetes antiderrapantes são pontos essenciais para que a criança não sofra uma queda séria. No box, use tapete de borracha para dar banho nos pequenos. A tampa do vaso sanitário deve estar sempre fechada evitando assim, afogamentos.
Os cuidados com os medicamentos devem ser redobrados. Como muitas famílias costumam guardar medicamentos em banheiros, é importante que eles sejam colocados em locais que possuam tranca. O mesmo cuidado é válido para os cosméticos.
Um cuidado essencial e que pode parecer óbvio, é sempre checar a temperatura da água antes da criança entrar no banho. Como é algo corriqueiro, às vezes podemos esquecer e isso pode ocasionar em queimaduras na pele.
É importante também que a porta do banheiro esteja sempre fechada, evitando assim, que as crianças entrem no banheiro sem a sua supervisão.

3 – Tenha cuidado também com o quarto

Para que o quarto seja um lugar seguro e confortável, o ideal é que nesse espaço não tenha muitos móveis, assim, a criança pode se mover com segurança, sem que esbarre nas quinas.
Falando em quinas, é importante que os móveis tenham quinas arredondadas, justamente para evitar que ela se machuque enquanto anda ou corre pelo ambiente.
Quer saber mais sobre móveis infantis? Acesse nosso artigo que fala sobre móveis montessorianos, método incrível desenvolvido especialmente para as crianças.
Para que o pequeno possa brincar a luz do dia e ainda ficar livre de fungos e bactérias, opte por janelas amplas e com vidros, dessa forma, os raios solares poderão atingir todo o quarto.
Tome cuidado com as tomadas também! Elas devem estar sempre com aqueles protetores para evitar acidentes graves. Como sabemos, crianças pequenas costumam colocar os dedos em tomadas.
A rede de proteção também é um item essencial no quarto. É importante que seja instalada não apenas no quarto, mas em todos os ambientes.
4 – Atenção com plantas e animais!
As plantas são ótimas para purificar o ambiente e deixar a casa mais bonita, não é mesmo? Mas não podemos esquecer que algumas delas podem ser tóxicas e, se ingeridas, fazem muito mal ao organismo. Por isso, antes de comprar uma planta, pesquise se ela oferece algum risco para as crianças.
Bichinhos de estimação também são uma ótima pedida para divertir a criançada e também são boas companhias! Mas vale lembrar que algumas crianças podem ter reações alérgicas. É importante consultar o pediatra para conversar sobre o assunto e verificar se a criança está livre de qualquer alergia.
Outro ponto importante e que não podemos esquecer é que animais de estimação, por mais dóceis que possam ser, podem acabar se irritando com alguma atitude da criança e acabar atacando. Por isso, esteja sempre por perto quando as crianças forem brincar com os bichos.

No Comments

Deixe um comentário

Follow Follow Follow